Jornal Letras do Alva   •   Director: Luís António Silva   •   Ano: III

Feliz Natal

Feliz Natal

- Jantar de Natal do jornal Letras do Alva
Realizou-se no dia 9 de Dezembro no Restaurante Abrigo da Floresta o jantar de natal do jornal Letras do Alva. Marcaram presença cerca de meia centena de amigos, assinantes, colaboradores e anunciantes. A todos o nosso obrigado por ajudarem este projecto e com ele contribuírem para o desenvolvimento e projecção das nossas terras pelo Mundo. O jornal chega ao Brasil, EUA, Canadá, Luxemburgo, Alemanha, Suiça, frança e a todo o País. Na Internet as nossas notícias chegam aos quatro cantos do Mundo. A média diária de visualizações no facebook do jornal ascende os 1000 leitores. É OBRA!
Mais importante se torna quando muitas das vezes os custos são suportados por mim próprio (impressão e envio) e com a grande ajuda e parceria que temos com a empresa Pedrasina/Climacold da Guarda. Sem a ajuda desta empresa não teria sido possível chegar até aqui. Outros anunciantes estão a começar de aparecer e a dar a sua ajuda conforme se pode ver nesta edição.
A quem ajuda e a quem dá, desejo que recebam a contrapartida em dinheiro e em saúde. BEM-HAJAM.

- Torroselo ficou mais pobre em 2016
Todos os anos Torroselo fica mais pobre mas este ano foi de mais.
Faleceram muitos conterrâneos nossos que nalguns casos era esperado que acontecesse mas noutros não. Torroselo, como eu conheço há 40 anos já não é o que era. Nesta época natalícia o sentimento da saudade assola-nos mais o coração, faz-nos recordar com mais nostalgia pessoas queridas que faziam parte da nossa terra e que já não se encontram entre nós.
A todas as famílias que este ano foram assoladas pela morte de entes queridos deixamos a nossa palavra de carinho e de coragem.

- ULS Guarda cobra notas de débito com atrasos de 3 anos
Os doentes do Concelho de Seia que se deslocaram às urgências nos últimos 3 anos receberam há cerca de duas semanas notas de débito para pagarem de episódios de urgência, exames complementares de diagnóstico e outros que realizaram nos últimos 36 meses no hospital. Muitos dos cidadãos que receberam essas cartas já nem se lembravam disso. Nalguns casos até são isentos do pagamento de taxas moderadoras. As explicações pedidas pelo jornal Letras do Alva ao Ministério da Saúde e ao Conselho de Administração da ULS Guarda tardaram em chegar mas chegaram. A reportagem pormenorizada encontra-se no interior do jornal. Aconselho todos os leitores a verem o que se passou e se assim entenderem, se também foram contemplados com essas motas de débito, a pagarem-nas ou não.
A decisão é de cada um.

Para finalizar o ultimo editorial deste ano 2016, A TODOS OS LEITORES, DIRIGENTES, AMIGOS E ANUNCIANTES do jornal Letras do Alva desejo um Feliz Natal e um Excelente Ano Novo.

Read 135 times Last modified on segunda, 14 maio 2018 08:25
Rate this item
(0 votes)

About Author